quinta-feira, 10 de março de 2011

Bilhete de caneta azul

Quando chega, atira as roupas pelo chão.
Se tranca no quarto, cheia de manias, como uma velha senhora que há anos repete o mesmo ritual.
Perde as contas dos dias, não sabe mais quantas semanas.
Sempre suja o pijama de café e acha engraçado quando encontra manchas tão parecidas pelo chão.

Dá duas voltas na chave da porta da frente, mas sempre esquece de fechar a janela.
Tem preguiça de fechar as portas do guarda-roupa e dorme com a TV sempre ligada, por medo da solidão do escuro.



Quando acorda e vê que já passou do meio-dia, lembra que lá se vai outro dia que ela deixou escapar.
E no calendário imaginário que montou em sua cabeça, já faz muito tempo que o tempo esqueceu de passar.

Cansou de envelhecer.

7 comentários:

Rart og Grotesk disse...

isso acontece com tanta gente!!! quando vemos, já passou metade do dia, e nem fizemos nada de interessante.
A vida parece sempre a mesma, chega em casa, joga as roupas, tranca isso, tranca aquilo, aquela velha rotina e o tempo passando...

http://artegrotesca.blogspot.com

Kafé Universitário disse...

É triste ver o quanto a vida passa e perdemos tempo as vezes com preguiça de fazer algo por sentirmos que é "perda de tempo"!

Melancólico! Afinal é triste vermos nossa vida passando e saber que nada mais voltará!

Adorei é difícil retratar em poucas palavras o quanto o tempo é precioso e o quando o desperdiçamos!

Beijos

Patrícia

Fran disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
@Francieli_Souza disse...

E eu que não entendia porque de uns tempos pra cá, só consigo dormir com a tv ligada..

disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
disse...

A solidão chega, não adianta querer adiar mais cedo ou mais tarde ela vem criando rugas em sua testa, produzindo cabelos que antes coloridios e agora em um tom branco
Os filhso estão indo embora, os animais são substituidos dez em dez anos, "o amor da sua vida" precisou partir ou quem sabe ele nunca chegou, daí nos deparamos com a tão temida solidão.
Já ouvi falar que muita gente consegue se adpatar, mas nunca ouvir ninguém dizer que alguém goste de estar sempre sozinho!
Você é boa, cultive seu talento. PARABÉNS.

disse...

A solidão chega, não adianta querer adiar mais cedo ou mais tarde ela vem criando rugas em sua testa, produzindo cabelos que antes coloridios e agora em um tom branco
Os filhso estão indo embora, os animais são substituidos dez em dez anos, "o amor da sua vida" precisou partir ou quem sabe ele nunca chegou, daí nos deparamos com a tão temida solidão.
Já ouvi falar que muita gente consegue se adpatar, mas nunca ouvir ninguém dizer que alguém goste de estar sempre sozinho!
Você é boa, cultive seu talento. PARABÉNS.