quinta-feira, 26 de março de 2009

Escrevo muito. Entendo pouco.

Escrevi quatro páginas.

Quatro páginas sobre nós dois.

Quatro páginas que deixariam tudo muito claro, que te fariam respirar mais aliviado, que me fariam mais tranqüila.

Quatro páginas que falam que nem sempre desapego é esquecimento.
Quatro páginas que seguem me afundando no assunto mais insuportável.

Quatro páginas que seriam o ponto final se fossem levadas a sério.



Quatro páginas que preferi guardar, pra não ter que lidar com tudo de novo.



Quatro. Somos quatro.

A gente sempre soube.

2 comentários:

Carla P.S. disse...

Sai um pouco, vai beber...
Ou se afunda mais um pouco em filmes europeus, bom pra alma tb.
Sad songs, maybe.
Saudades Renatation!
Beijosssss

.(ca)mila disse...

cada vez mais eu sei, que menos sei sobre as coisas do coração.então amiga, bateaqui.