terça-feira, 11 de outubro de 2011

Estação rodoviária

Eu queria me dar ao luxo de ser feliz ao teu lado. Porque vejo nos teus olhos uma vontade parecida com a minha.
Eu queria decorar o caminho da tua casa, te arrancar sorriso, te deixar sem palavras.
Queria tua companhia pra ver um filme bobo ou pra viajar sem rumo, sem roteiro.

Queria te chamar de meu só pra ser tua. E continuar me encantando como me encanto sempre que você me olha.
Queria te provar do que sou capaz, tentar, pelo menos dessa vez ser de verdade.
Esquecer de horários, trabalhos e rotinas.
Ser só nós dois, como sei que podemos ser.

Queria chegar agora e fazer teu coração arder, como você faz com o meu.

QUERIA.

Mas eu não sei perder o medo de querer.

2 comentários:

iara felix disse...

né mesmo.

Jean disse...

todos queriam...

mas o medo, como você disse, soh nos faz querer!