segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Critiqueoquepuder

Meu maior defeito de “jornalista metida a crítica que nem sabe do que fala” é que eu, realmente não sei escrever resenhas sobre filmes.

Pode parecer inútil.

É inútil.


Mas esses dias tava tentando juntar comentários sobre um filme que assisti e me dei conta de que nunca conseguiria passar tais idéias pra um “papel” (página de Word, na verdade).

A primeira e única resenha crítica sobre um filme que fiz foi num trabalho pra cadeira de Redação Jornalística, na faculdade. Acho que falei sobre a Fantástica Fábrica de Chocolate...A versão do Tim Burton, claro (e claro não porque prefiro esta a antiga, e sim porque na época tava em “voga” – adoro essa expressão. Já comentei sobre isso?)


Não lembro o que disse, como disse, nem que nota tirei. Acho até que fui bem (como em toda aquela cadeira, por incrível que pareça), mas... Sabe quando você quer fazer uma coisa e descobre que existem vinte e cinco milhões de pessoas que são tão boas quanto você? E não que você desista, você simplesmente passa a procurar por alguma coisa em que VOCÊ é melhor.

Acredite, na vida tudo acontece com base nessa idéia.

Simples assim.

2 comentários:

blablabah disse...

E eu que um dia quis escrever sobre música? hahahaha Resultado foi o mesmo... um monte de frases que unidas não davam fluência à coisa. Yeah yeah, buscar no que somos melhores... o problema é quando a gente busca, busca e no fim pensa "dude, I suck in everything." hahahah rindo pra não chorar, honey!
Beijão,
Ju

de mau humor disse...

Renuska...
Tenho a mesma sensação que vc quanto a escrever sobre filmes. Eu gosto muito de comentar um filme que vi no meu blog, mas sempre fico insegura também e acabo escrevendo obviedades. Mas não dou mais bola, escrevo e pronto. Uma coisa que faço é não ler resenhas dos filmes antes da postagem no blog para não me condicionar pelas opiniões dos outros. Mas você tem razão: também sempre penso que existem pessoas fazendo melhor. E existem. E é normal. E a gente não é inferior.
Não deixa de escrever sobre os filmes.
grande beijo