sábado, 2 de maio de 2009

émuitoamor

Odeio essas coisas de etapas. Tipo etapas pra superar uma dor, pra esquecer alguém, pra se recuperar de uma cirurgia. Não gosto dessas coisas de “o tempo vai resolver”. Porque leva tempo. E não tenho paciência.

Por isso não suporto escada rolante. Pra que esperar se a gente pode chegar lá de uma forma mais rápida?


No último caso, rolou um lance de etapas sacana. Foi mais ou menos assim:


Primeiro, doeu pra caramba. Essa é a pior parte, e geralmente a que demora mais. E não tem esse lance de “depende de ti quanto tempo vai durar”. Na real o que depende de ti é a intensidade da dor. Mas a duração é uma merda, e se arrasta até a hora que tiver que ir. Lembrando que sempre é pior se tu tiver que conviver com a pessoa.


Depois, veio uma raiva absurda. Bem do tipo “filho da puta, tu vai ter o que merece e eu vou fazer tu comer o pão que o diabo amassou!”. Geralmente nessa fase a gente sofre, mas é mais “vingativa” a coisa, e não interessa o quanto tu goste daquilo, tu vai fazer questão de manter distância, achando que isso vai adiantar alguma coisa. Bem do tipo “tua janelinha de msn vai aparecer e eu nem vou te dar oi, PORQUE HOJE TO DO MAAAAL!”. É completamente inútil, mas pode ser gritante se, de novo, você ter que conviver com a pessoa.



Aí vem um sentimento de culpa. “Caaaaaaaara, como sou idiota em achar que isso ia adiantar alguma coisa, coitadinho né?” É a fase mais engraçada, porque tu tenta resolver as tuas cagadas sem parecer apelativo. Fica na base do malabarismo pra dizer “eu gosto tanto de ti” sem parecer um “é recaaaalque e eu te amo!”. Por motivos óbvios.

E depois... depois passa. Passa e tu não tenta mais manter distância, e não dói mais. Os malabarismos são inúteis e desnecessários.E tudo fica bem. Porque SEMPRE fica, e as coisas se resolvem. Só que leva tempo. E se a intensidade do que tu sente for ENORME... assim será o tempo também. E assim será também o que tu sente pela pessoa depois da “cagada” toda.



Mas o ponto que quero chegar aqui não é esse. E sim quando tu passa por todas as etapas, fica 99,9% bem e escorrega na porcentagem achando que não vai causar nada. HÁ, idiota.

Só de pensar que eu vou ter que passar pelas etapas de novo... aaaaaaaaaahh não.

E não adianta. Pode me dizer o que quiser. Eu to num misto da dor, com a raiva... com oscilações e com momentos de ”Mas é isso. Que merda” ! Ushduysagfuasygdsafsf


É muito amor, mesmo.

2 comentários:

iarashi disse...

acho que o pior ainda é o pedacinho que já desconfiava que isso ia acontecer.

Taís disse...

Oi, por problemas com uma pessoa tive que mudar o endereço do meu blog. Sei que é chato isso, mas o endereço novo é este do link, tá?
Volto assim que tiver a primeira folguinha pra me atualizar no seu blog.
Bjinhos